Boletim Moçambique

Segunda, 05 Março 2018 • 24 notícias • 12159 caracteres

Subscreva aqui a newsletter Boletim Moçambique

   Moçambique

Voos da companhia aérea pública moçambicana em risco por falta de combustível

Maputo - Alguns voos das Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) correm o risco de ser cancelados devido a uma rutura no fornecimento de combustível à companhia no norte do país, disse segunda-feira à Lusa fonte da empresa.

Em causa está o percurso feito pela aeronave que habitualmente abastece em Nampula, partindo daquela cidade moçambicana para fazer escala em Tete, no interior do país, e seguir para Joanesburgo, na África do Sul - fazendo depois o percurso inverso, referiu.

   Moçambique

Crescimento de Moçambique revisto em baixa para 3,6% neste e no próximo ano - BMI

Londres - A consultora BMI Research reviu segunda-feira em baixa a previsão de crescimento para a economia de Moçambique, antecipando agora uma expansão do PIB de 3,6% neste e no próximo ano, contra 4,6% previstos em fevereiro.

"Continuamos a acreditar que a economia moçambicana já passou a pior fase do abrandamento que se seguiu às revelações sobre a dívida oculta e a subsequente suspensão do apoio internacional", dizem os analistas, que esperam que o crescimento de 3,3% no ano passado, seja ligeiramente menor que o deste e do próximo ano.

   Moçambique

Moeda moçambicana desvaloriza-se em relação ao dólar americano

Maputo - A moeda moçambicana acumulou na última semana novas perdas em relação ao dólar americano, caindo cerca de três meticais em sete semanas, segundo as taxas de câmbio médias de referência do banco central, seguidas pela Lusa.

O dólar americano é a moeda que serve de base de cálculo às taxas de câmbio para outras moedas em Moçambique.

   Moçambique

Anadarko diz que aprovação de Moçambique foi "um marco" para projeto de gás

Houston - A petrolífera norte-americana Anadarko considerou segunda-feira que a aprovação pelo Governo de Moçambique do Plano de Desenvolvimento para a liquefação de gás natural do jazigo Golfinho/Atum permite atingir "um marco crítico" no projeto.

"Agradecemos o apoio do Governo de Moçambique e estamos muito satisfeitos por chegar a este marco crítico, que oferece mais um sinal sobre o progresso tremendo que continuamos a fazer no projeto, que vai posicionar Moçambique como um fornecedor estratégico global de gás natural liquefeito", disse o vice-presidente com o pelouro das Operações de Águas Profundas, Internacional e Gestão de Projeto, Mitch Ingram.

   MOçambique

Calamidades naturais matam 61 pessoas desde outubro em Moçambique

Maputo - As calamidades naturais mataram 61 pessoas desde outubro em Moçambique de um total de 150 mil afetadas, anunciou segunda-feira o Instituto Nacional de Gestão de Calamidades Naturais (INGC).

Falando em conferência de imprensa, a diretora da área de Prevenção e Mitigação no INGC, Ana Cristina, afirmou que as mortes ocorreram em diferentes pontos do país e foram provocadas por chuvas intensas, inundações e raios.

A embaixada do Japão em Moçambique entregou segunda-feira ao Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC) um donativo de 150 mil dólares (121 mil euros) para apoio às vítimas de calamidades naturais em Moçambique, anunciou a representação diplomática.

   MOçambique

Organização considera ilegais aumentos de preços de transportes na capital de Moçambique

Maputo - O Centro de Integridade Pública de Moçambique (CIP), uma organização da sociedade civil, considera ilegais os aumentos das tarifas de transportes coletivos que entraram segunda-feira em vigor na capital do país, Maputo.

"O incremento das tarifas é ilegal", escreve o CIP em comunicado, referindo que a lei prevê que o regulador do setor, o Instituto Nacional dos Transportes Terrestres (Inaterr), realize um estudo antes que um aumento entre em vigor.

   Angola

Ex-administradora executiva da Sonangol em novo cargo criado na UNITEL

Luanda - A ex-administradora executiva da Sonangol, na administração de Isabel dos Santos, Eunice Carvalho, assumiu segunda-feira o novo cargo criado na estrutura da UNITEL, de diretora-geral para os assuntos corporativos da operadora de telecomunicações móveis liderada pela empresária angolana.

A informação consta de uma nota interna da UNITEL, assinada por Tony Dolton, diretor-executivo da maior operadora de telecomunicações móveis angolana, em que se reconhece que a "envolvente económica e de negócios" onde se insere aquela empresa "tornou-se cada vez mais complexa devido a mudanças políticas e regulatórias", mas também face "a um novo ciclo económico".

   Angola

Angola já tem Orçamento do Estado de 2018 em vigor

Luanda - O Orçamento Geral do Estado (OGE) de Angola para 2018, estimando despesas e receitas de 9,658 biliões de kwanzas (37.000 milhões de euros) e um crescimento económico de 4,9%, entrou em vigor a 01 de março.

Em causa está a lei que aprova o OGE para o exercício económico de 2018, publicada em Diário da República a 01 de março, conforme documentação a que a Lusa teve segunda-feira acesso, depois da aprovação da proposta governamental pela Assembleia Nacional, a 14 de fevereiro, apenas com os votos favoráveis do MPLA, partido maioritário.

   Angola

Agência de Energia prevê queda de 21,8% na produção de petróleo em Angola até 2023

Paris - A Agência Internacional de Energia (AIE) considera que a produção petrolífera de Angola "arrasta-se em África" e terá a maior queda até 2023 a seguir à Venezuela, descendo 370 mil barris por dia (21,8%), para 1,29 milhões.

De acordo com o relatório 'Oil Market Report', a que a Lusa teve acesso, a queda do segundo maior produtor africano de petróleo deve-se "ao envelhecimento dos poços petrolíferos, que perdem fulgor, e aos investidores externos, que face às perspetivas relativamente pouco competitivas, perdem entusiasmo".

   Angola

Isabel dos Santos vai apresentar queixa-crime contra presidente da Sonangol

Lisboa – A empresária angolana Isabel dos Santos vai apresentar uma queixa-crime contra o presidente da Sonangol, Carlos Saturnino, pelas “afirmações e alegações difamatórias” quanto à gestão da empresa petrolífera angolana.

Em entrevista ao jornal Negócios, a ex-presidente do conselho de administração da Sonangol classificou de “normal” o facto da Procuradoria-Geral da República de Angola, ter aberto um inquérito, na sequência das denúncias à sua gestão na petrolífera.

   Angola

Rafael Marques espera que julgamento confirme corrupção de ex-PGR 

Luanda – O jornalista e ativista angolano Rafael Marques disse segunda-feira esperar que o julgamento em que é arguido, e cujo início foi segunda-feira adiado ‘sine die’, confirme as acusações de corrupção que fez ao ex-procurador-geral de Angola.

"Eu sou arguido e neste país aqueles que lutam contra a corrupção é que são os arguidos e não os corruptos", disse o jornalista, acusado pelos "crimes de injúrias e ultraje de soberania", reiterando que mais uma vez vai comparecer em tribunal para "afirmar que ele [João Maria de Sousa] é corrupto" e apresentar as provas daquilo que escreveu.

   Brasil

Produção de petróleo no Brasil subiu 0,1% em janeiro para 2,6 milhões de barris diários

São Paulo - A produção de petróleo no Brasil aumentou em janeiro deste ano 0,1% face a janeiro de 2017, mas desceu 2,7% face à produção de dezembro, divulgou segunda-feira a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis.

"Em janeiro de 2018, a produção de petróleo do país foi de 2,615 milhões de barris por dia (bbl/d), um aumento de 0,1%, na comparação com o mês anterior e redução de 2,7%, se comparada com janeiro de 2017", lê-se no documento.

   Brasil

Julgamento de brasileiros detidos em Cabo Verde por tráfico de droga começa dia 12

Praia - O julgamento dos quatro tripulantes do veleiro apreendido em 2017 em Cabo Verde, com 1.157 quilos de cocaína, proveniente do Brasil, começa na próxima segunda-feira, quando se multiplicam apelos para a libertação de três deles, de nacionalidade brasileira.

Em agosto do ano passado, a Polícia Judiciária (PJ) de Cabo Verde apreendeu 1.157 quilos de cocaína num iate atracado no Porto Grande do Mindelo, na ilha de São Vicente.

   Portugal

Costa transmite a Temer empenhamento de Bruxelas para acordo entre UE e Mercosul

Lisboa - O primeiro-ministro, António Costa, transmitiu segunda-feira ao Presidente brasileiro, Michel Temer, uma mensagem da Comissão Europeia sobre a "oportunidade histórica" que constitui a conclusão do acordo entre a União Europeia e o Mercosul.

Esta mensagem de António Costa foi confirmada à agência Lusa por fonte oficial do executivo, num dia em que o primeiro-ministro português e o chefe do Governo espanhol, Mariano Rajoy, lançaram em Elvas o concurso para a ligação ferroviária entre Évora e a fronteira, de quase 100 quilómetros - uma cerimónia em que esteve também presente a comissária europeia dos Transportes, Violeta Bulc.

   Timor-Leste

Governo timorense amplia prazo para empresas aderirem ao regime da Segurança Social

Díli - O Governo timorense aprovou segunda-feira uma ampliação do prazo para as empresas aderirem ao regime da Segurança Social sem que sofram multas ou coimas, prevendo bonificações para as empresas que já o fizeram, anunciou o executivo.

A decisão, tomada na reunião de segunda-feira do Conselho de Ministros, baseia-se numa recomendação da ministra da Solidariedade Social, Florentina Smith, que pretende responder assim à preocupação de várias empresas no que toca ao cumprimento dos prazos.   

   Timor-Leste

Tratado de fronteiras com Timor-Leste é novo capítulo na relação bilateral – MNE australiana

Díli - O tratado de fronteiras marítimas entre Timor-Leste e a Austrália, que vai ser assinado hoje em Nova Iorque marca um novo capítulo na relação bilateral entre os dois países, afirmou em comunicado a chefe da diplomacia australiana.

"No dia 06 de março, juntar-me-ei a líderes de Timor-Leste para assinar o histórico 'Tratado entre a Austrália e a República Democrática de Timor-Leste que estabelece os seus limites marítimos no mar de Timor'", refere Julie Bishop, citada no comunicado.

   Timor-Leste

CNE já aprovou três coligações pré-eleitorais para voto de 12 de maio

Díli - A Comissão Nacional de Eleições (CNE) já validou três coligações pré-eleitorais que se vão apresentar às eleições parlamentares de 12 de maio em Timor-Leste, tendo formulários para outras eventuais coligações sido "levantados", disse o presidente do órgão eleitoral.

Alcino Baris, presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE), confirmou aos jornalistas que os dados das três coligações foram já publicados no Jornal da República.

   Macau

Transações suspeitas de branqueamento de capitais em Macau sobem 33% em 2017

Macau - O Gabinete de Informação Financeira (GIF) de Macau recebeu, em 2017, um total de 3.085 participações de transações suspeitas de branqueamento de capitais e/ou financiamento do terrorismo, mais 32,9% do que no ano passado.

Dados publicados no site do GIF indicam que 135 participações foram enviadas para o Ministério Público de Macau para investigação posterior.

   Macau

Governo chinês avisa Macau para evitar sentimentos separatistas

Macau - O subdiretor do Gabinete de Ligação do Governo Central em Macau avisou que o território se deve manter vigilante para evitar sentimentos separatistas, noticiou segunda-feira a Rádio Macau.

"Macau tem sido um bom exemplo da implementação da Lei Básica e do princípio ‘Um País, Dois Sistemas’ e o resultado é evidente, em especial, na prevenção de quaisquer possíveis condutas de secessão. Por isso, a promoção da independência existente em Hong Kong não ocorre em Macau. Macau merece a minha aprovação total", afirmou Chen Si Xi.

   Guiné-Bissau

Câmara de Bissau manda demolir casas construídas em terreno de português

Bissau - A Câmara Municipal de Bissau (CMB) demoliu 14 casas construídas no terreno de um cidadão português e que os populares de dois bairros da capital guineense estão a reivindicar, indicou segunda-feira o secretário-geral da autarquia, Adriano dos Santos.

Segundo aquele dirigente, o tribunal considerou que os populares dos bairros de Antula e Undame, arredores de Bissau, não têm razão na disputa jurídica que estão a travar sobre a posse de um terreno de 30 hectares.

   Guiné-Bissau

Tribunal guineense decreta suspensão de deliberações do congresso do PAIGC

Bissau - O Tribunal Regional de Gabu decretou a suspensão “imediata” da execução das deliberações do congresso do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) por “flagrante violação da lei” dos estatutos do partido.

Segundo o mandado, datado de 01 de março e que a Lusa teve segunda-feira o acesso, e depois de uma queixa apresentada por dois dirigentes do partido em Gabu, a juíza Mirza Laura Bamba considerou que “houve flagrante violação da lei, dos estatutos e do Guião, tendo em conta que o tribunal já havia decretado uma providência em que suspendeu a realização da conferência regional de Gabu”.

   Cabo Verde

Ministério cabo-verdiano suspende salário a 390 professores com paradeiro desconhecido

Praia - A ministra da Educação de Cabo Verde, Maritza Rosabal, informou que cerca de 20% dos docentes cabo-verdianos não estão inscritos em nenhuma atividade letiva e mandou suspender o salário a 390 docentes com paradeiro desconhecido.

As informações foram avançadas à imprensa pela ministra da Educação, Família e Inclusão Social no final de uma visita de seis dias a Santo Antão, onde manteve encontros com responsáveis locais.

   Cabo Verde

Portugal e Cabo Verde querem maior envolvimento dos parlamentos na CPLP

Praia - Os presidentes dos parlamentos de Portugal e Cabo Verde defenderam segunda-feira, na cidade da Praia, maior envolvimento das instituições congéneres na CPLP, sublinhando o papel fundamental na abordagem das questões mais difíceis para os poderes executivos.

"É muito importante que os diversos Estados e povos que compõem a CPLP entendam a importância dos parlamentos. Há muitas questões que têm uma dificuldade maior em passar ao nível dos poderes executivos e que os parlamentos têm a obrigação de tratar com toda a abertura, lealdade e frontalidade. Não há questões tabu na CPLP", disse Ferro Rodrigues.

   Mundo

Itália/Eleições: Movimento Cinco Estrelas reivindica direito a formar Governo

Roma - O líder político do Movimento Cinco Estrelas (M5S), Luigi Di Maio, afirmou segunda-feira ter o direito de formar Governo, depois de a sua formação ter sido a mais votada, enquanto partido unitário, nas eleições gerais italianas de domingo.

"Temos a responsabilidade de dar um Governo” à Itália, referiu Di Maio. “Somos uma força política que representa todo o país, o que não se pode dizer das outras formações e, inevitavelmente, isso projeta-nos na direção do Governo do país", disse o jovem líder, de 31 anos, numa conferência de imprensa em Roma.